Fazer Teste de Stress

Se responder afirmativamente a 14 ou mais das seguintes perguntas, provavelmente tem de reduzir o nível de stress da sua vida. Um resultado acima dos 20 situa-o na «zona de perigo» e exige uma mudança no estilo de vida.


  • Irrita-se com facilidade?
  • Procura metas não-realistas?
  • Faz troça daquilo a que os outros acham piada?
  • É pouco delicado?
  • Faz de tudo um bicho de sete cabeças?
  • Conta com os outros para fazer que as coisas aconteçam?
  • Queixa-se de ser desorganizado?
  • Evita pessoas que têm ideias diferentes das suas?
  • Acha que só há uma maneira correcta de se fazerem as coisas?
  • Descura o exercício?
  • Descansa muito pouco?
  • Toma comprimidos para dormir sem aprovação do seu médico?
  • Tem poucos amigos e parentes que lhe dêem apoio?
  • Zanga-se quando tem de esperar?
  • Ignora os sintomas de stress?
  • Adia as coisas até mais tarde?
  • Arranja tempo para se descontrair durante o dia?
  • Fala dos outros?
  • Anda a correr durante o dia?
  • Guarda as suas emoções para si?
  • Passa muito tempo a queixar-se do passado?
  • Consegue fazer uma pausa longe do barulho e das multidões?

A resposta do organismo ao stress tem as suas raízes no instinto de sobrevivência que compartilhamos com os nossos antepassados pré-históricos e com muitas outras espécies animais. Chama-se a essa resposta a reação de «luta ou fuga»: confrontados com o perigo, ou o aceitamos ou fugimos. De qualquer maneira, os nossos sistemas neurofisiológicos ficam hiperexcitados, e ao fim de algum tempo podem esgotar-se. O cérebro liberta as hormonas cortisol e adrenalina, também designada por epinefrina, que aceleram o ritmo cardíaco, aumentam a tensão arterial, contraem os músculos e aumentam a frequência respiratória. Depois, à medida que o organismo lentamente vai saindo do seu estado de tensão, começamos a sentir-nos nervosos ou cansados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*