Riscos da Cesárea

Como todos nós sabemos a gravidez é um momento muito especial, muito importante e único na vida de uma mulher que está começando a sua família. Por isso mesmo todos os passos da gravidez devem ser levados com atenção e muito cuidado para que tudo corra bem. Uma das maiores duvidas da mulher é que tipo de parto irá escolher, parto natural ou por cesárea.


Riscos de um Parto por Cesárea

Para descomplicar a escolha vamos falar dos riscos de um parto por cesárea.

Cada vez mais as mulheres têm tido o parto por cesárea como grande opção por muitos motivos, no entanto por detrás disso existem riscos para o bebê poderá correr se você escolher este tipo de parto.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam o parto normal já não é mais um bicho de sete cabeças, onde a mulher sofria bastante para ter seu filho e onde tudo parecia um pesadelo, antes pelo contrário, a mulher têm muita assistência de maneira a que possa ter o bebe de maneira controlada e tranquila.

Os principais riscos da cesárea

Quando a mulher opta pelo parto normal o bebê é comprimido na hora de sair e isso faz com que ele elimine as secreções que ficam na sua via respiratória, fazendo com que ele respire muito melhor. Já caso da cesárea o bebê não passa por essa compressão o que pode ocasionar sérios problemas respiratórios e o risco de pneumonia aumenta bastante.


Os bebês que nascem de por via de cesárea estão muito mais propícios a irem para a UTI.

Os riscos de infecções aumentam porque a cesárea não deixa de ser uma cirurgia e como toda a cirurgia pode haver complicações.

O agendamento da cesárea antes das 39 semanas pode trazer complicações para o bebê, afinal o trabalho de parto é algo necessário, pois mostra que o bebê está realmente pronto para nascer.

Agora que ja conhece os riscos da cesárea cabe lhe a si decidir, não esquecendo também que em alguns casos ela se torna a melhor solução, logo isto deve ser discutido com um médico e observado na hora do parto para que tudo ocorra da melhor maneira possível tanto para a mãe como para o filho!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*