O que é o Tanino

O que é o tanino?

Pensar em tanino leva-nos provavelmente a pensar em vinho tinto. Mas esta vasta classe de compostos também se encontra no chá, no cacau (e no chocolate que com ele se faz), no café e em alguns chás de plantas e nos dióspiros, uvas e outros frutos (especialmente, amoras-silvestres e arandos). Os taninos possuem propriedades notáveis ainda muito pouco compreendidas. Muitos combatem as cáries e tratam a diarreia, enquanto outros podem proteger também contra o cancro e a doença cardíaca.


A característica mais conhecida dos taninos é a sua adstringência. Quando se ligam às proteínas da superficie na boca, produzem uma sensação seca e de aperto muito típica que se torna mais evidente quando se bebe um chá forte ou um vinho bem encorpado. A ação de ligação dos taninos também torna inativas as bactérias na boca, inibindo a formação da placa dentária e combatendo a deterioração dos dentes. Mas os taninos podem manchar os dentes e as próteses, por isso, se se preocupa com a alteração da cor do esmalte dentário, limite o consumo de chá e café.

Os taninos também têm a capacidade de «capturar» alguns minerais, incluindo o ferro, especialmente o ferro dos alimentos vegetais. Por isso, se bebe chá às refeições, pode estar a reduzir a sua absorção de ferro. Não é claro até que ponto isto é significativo em pessoas que têm uma dieta bem equilibrada. Mas pode compensar esse efeito adicionando leite ou limão ao chá, pois ambos se ligam aos taninos. Ou beba chá entre as refeições.

Propriedades curativas do tanino

O termo «taninos» abrange vários e diferentes taninos. Porém, a maioria pertence a um grupo de compostos chamados polifenóis, muitos dos quais são antioxidantes. Estes antioxidantes podem proteger contra a doença cardíaca e o cancro, impedindo lesões das células. Os polifenóis das uvas e do vinho tinto (resveratrol) e outros diferentes no chá verde e preto (catequinas) estão a ser investigados quanto aos seus eventuais benefícios para a saúde.


Estudos futuros podem vir a esclarecer a possível ligação entre os taninos e as enxaquecas. Alguns investigadores suspeitam que os taninos podem desencadear estas dores de cabeça, mas até aqui as provas são inconclusivas. Se sofre de enxaquecas, evite alimentos com taninos durante algum tempo para ver se as crises diminuem.

2 Comments

  1. tenho 63 anos estou pesquisando tudo sobre dillênia indica, consumindo em geléias, xarope, no álcool para passar nas artroses, e estou passando na quelóide bem velha de uma cirurgia,fiz também um pudim com batata doce e a polpa das sépalas cozidas na pressão e passadas na peneira, pelo que já li ela tem os taninos benéficos, estou vendo o que surte melhoras,ou ressalvas.contem comigo.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*